logo


Dom Pedro II

Dom Pedro II

 Rua Dom Pedro II, na Barra Funda

Rua Dom Pedro II, na Barra Funda

Com apenas nove quarteirões, a Rua D. Pedro II corta todo o bairro da Barra Funda, na transversal, começando na Rua José Jorge Estevam e vai até a Rua Alegre. O nome dessa rua foi em homenagem ao Imperador do Brasil, Dom Pedro II; por sorte, não colocaram o nome dele inteiro, já que seria um transtorno, por que seu nome era: Dom Pedro de Alcântara João Carlos Leopoldo Salvador Bibiano Francisco Xavier de Paula Leocádio Miguel Gabriel Rafael Gonzaga de Bragança e Habsburgo. Ele nasceu em 02 de dezembro de 1825, no Rio de Janeiro. Faleceu em 5 de dezembro de 1891, em Paris. Era filho de Dom Pedro I e Dona Leopoldina de Áustria.
Após a abdicação de seu pai, assumiria o trono aos cinco anos de idade. Devido à impossibilidade de tal evento, o Brasil passou a ser administrado por uma regência. Recebeu uma educação excepcional de mestres e sábios de várias áreas do conhecimento, de segunda a segunda, o pequeno imperador acordava às seis da manhã para estudar ciências naturais, idiomas, filosofia, artes, matemática, dança, música, entre outras disciplinas. Segundo opositores, sua maioridade política ocorreu antes da hora adequada.
Dom Pedro II casou-se com Teresa Cristina Maria de Bourbon Duas Sicíllias, por procuração em Nápoles, em 30 de maio de 1843 e, pessoalmente no Rio de Janeiro, em 4 de setembro de 1843.
Depois da Proclamação da República, em 15 de novembro de 1889, ficou prisioneiro no Paço da cidade e encaminhado a sair do país em vinte e quatro horas. Deixando o Brasil, foi para Portugal com a família.
Após o falecimento da imperatriz Tereza Cristina, Dom Pedro II viveu na França, nas cidades de Cannes, Versalhes e Paris. Morreu aos 66 anos, após sofrer de pneumonia num hotel. Seus restos mortais retornaram ao Brasil somente em 1920.

 

Escreva um comentário

*

captcha *